PREÂMBULO

A nossa formação nesta área da alimentação saudável, crua e viva, é relativamente recente e foi feita em workshops; decorre também do nosso autodidatismo e interesse vivo que nos levou já a numerosas experiências neste domínio.

Somos ainda pequeninas neste mundo, no entanto queremos partilhar o que sabemos e ao mesmo tempo receber de outras pessoas tudo o que nos possa enriquecer e a todos os que visitarem este blog.

Dar um lugar de destaque aos alimentos crus é a melhor forma de conseguirmos uma óptima saúde, reduzindo a carga tóxica que resulta do nosso modo de vida, para moderar, prevenir ou curar diferentes problemas de saúde.

Esta é uma alimentação muito em voga nos EUA, mas ainda pouco conhecida em Portugal.

Mesmo sem se tornar crudívoro a 100%, a introdução de pratos crus na sua alimentação diária, ou uma ou duas curas crudívoras de alguns dias ou mesmo semanas, benificiarão certamente a sua saúde.





domingo, 8 de junho de 2014

Biscoitos com cereja.

Ingredientes:

1chávena de  castanha de caju
1 ch. de amendoins crus
1ch. de sultanas ou passas
8 ameixas secas
150gr de cerejas descaroçadas
3 colheres de sopa de côco ralado
Gengibre ralado a gosto
Uma pitada de sal


Preparação
A castanha de caju e os amendoins devem estar de molho, pelo menos durante uma hora.
Triture todos os ingredientes, até obter uma massa consistente. Se achar necessário, acrescente água.
Com as mãos faça bolinhos de massa, achate, enfeite com uma metadados de cereja e coloque no desidratador, a 40 graus.

sexta-feira, 30 de maio de 2014

A OSTEOPOROSE: A NOTÍCIA DO SÉCULO...



Azeite contra a osteoporose

Guarde bem este nome: oleuropeína.  É a substância, encontrada no azeite extravirgem, é a nova arma da nutrição para evitar e combater a osteoporose - doença que acelera a perda de massa óssea.

O cálcio que se cuide, porque o seu posto solitário de melhor companheiro do esqueleto anda
ameaçado. Calma, o mineral não vai perder o seu lugar de destaque como protetor dos ossos - muito longe disso. A questão é que a ciência descobriu um forte concorrente para dividir com ele essa prestigiada posição. É o caso da oleuropeína, presente no azeite .
Um estudo da Universidade de Córdova, em Espanha, revela que esse tipo de polifenol aumenta a quantidade de osteoblastos, células que fabricam osso novinho em folha. Consumi-la , portanto, traria imensas vantagens para manter o arcabouço do corpo em pé ao longo da vida.
O tecido ósseo é dinâmico, destruído e construído constantemente - explica o geriatra Rodrigo Buksman, do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, em Brasília. Os osteoblastos ajudam justamente a realizar a reconstrução. É como se fossem a massa corrida colocada na parede para tapar os furos que aparecem com o tempo. Sem essas células, os buracos ficam maiores, os ossos enfraquecem e cresce o risco de fraturas. O envelhecimento e a menopausa provocam uma queda na concentração de osteoblastos no organismo. Daí a importância da reposição desses construtores, que recebem um belo reforço com a inclusão do azeite extravirgem no dia a dia, a melhor fonte de oleuropeína. Aos 30 anos o nosso corpo atinge a quantidade máxima de massa óssea e, a partir daí, começa a perdê-la - nota o ortopedista Gerson Bauer, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo. Por isso é que se diz que a prevenção da osteoporose se inicia muito antes da maturidade. Com o azeite, no mínimo, esse processo destrutivo demora mais tempo para ocorrer.

Bastam 2 colheres por dia. Mas tem que ser do tipo extravirgem, que concentra maiores teores da substância.

De preferência, use-o em saladas e ao finalizar pratos quentes - o azeite não gosta de calor e, se for posto ao lume, perde grande parte das suas qualidades.



E, se alguém quiser substituir sua fonte de oleuropeína de vez em quando, saiba que existe mais uma opção:

A substância também é fornecida pela azeitona, de onde o óleo é extraído.



quarta-feira, 21 de maio de 2014

Papas de Cereais e fruta



Papas de Cereais e Fruta

Ingredientes


25 gr. de trigo sarraceno;    
10 gr. de linho                        Pode ser substituído pela polpa de amêndoa
20 gr. de amêndoas
½ maçã ou pêra
1 banana madura (congelada ou não)
1 Kiwi
Sumo de ½ limão
Sumo de 1 laranja
1 fatia de gengibre
Gotas de baunilha (ou em pó ou em vagem)

Preparação

À noite colocar o trigo, o linho e as amêndoas (separadas) em água.
De manhã escorrer e juntar todos os ingredientes e triturar.
Decorar com sementes de cânhamo ou outra semente e fruta.


sábado, 17 de maio de 2014

PESTO DE URTIGAS



As urtigas começaram por ser as convidadas surpresa do meu jardim e hoje têm nele um espaço reservado, embora continuem a aparecer onde eu menos espero.
Após algumas pesquisas, constatei que são nossas amigas, apesar de picarem. Para começar, saiba que têm seis vezes mais vitamina C que a laranja. Contém muito ferro e muitas proteínas, são depurativas e agem nos cabelos, tornando-os macios e brilhantes.
Quando as colher, muna-se de luvas! Colha só as 4 primeiras folhas, as mais tenras.


Ingredientes para uma tacinha de pesto:

-  30 gr. de urtigas
-  20 gr. de amêndoas inteiras ( também pode usar castanha de caju cru )
-  10 gr. de sementes de girassol ( ou pinhão )
-  1 dente de alho picado
-  10 cl de azeite
-  1fatia de abacate para amaciar
-  Pimenta, curcuma e sal a gosto

Lave bem as urtigas.
Comece por colocar no liquidificador, ( eu fiz na 1,2,3,) as urtigas, o azeite e triture.
Acrescente os restantes ingredientes e triture de novo, até obter uma pasta suficientemente homogénea, deixando que os frutos secos fiquem ligeiramente granulados.

Se quiser, pode dar uma fervura rápida às urtigas, pois ficarão mais macias.
Pode guardar no frigorífico durante cerca de 3 dias. Oxidará um pouco, mas continua bom para comer com tostas e deliciar-se.



terça-feira, 29 de abril de 2014

PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS DOS ORÉGÃOS


Orégãos
As propriedades terapêuticas desta erva aromática
Esta planta cresce espontaneamente em Portugal e as suas folhas são tradicionalmente muito utilizadas em culinária.

É indicada no tratamento e prevenção da gripe. Imunoestimulante e antiviral, aumenta as resistências contra o vírus da gripe, sendo também útil em tosses e rouquidão.

Num grande estudo do Departamento de Agricultura dos E.U.A, publicado em 2001 no Journal of Agricultural and Food Chemistry, o orégão provou ter uma actividade antioxidante 3 a 20 vezes superior a todas as plantas medicinais estudadas (seguida pelo endro, tomilho, alecrim e hortelã-pimenta).

Adicionalmente, esta acção foi 42, 12 e quatro vezes superior às maçãs, laranjas e mirtilos, respectivamente. Outra conclusão interessante obtida neste estudo foi que as ervas aromáticas, plantas e especiarias possuem uma maior actividade antioxidante se forem consumidas frescas.

Princípios activos

Os orégãos contêm um óleo essencial (com timol, carvacrol, limoneno), ácidos gordos com propriedades antioxidantes, antibióticas, antivirais e imunoestimulantes e ácido rosmarínico, com forte acção antioxidante.

De entre todos os seus constituintes fitoquímicos, destaca-se o carvacrol (uma das substâncias mais importantes em Fitoterapia), pelas suas propriedades antitumorais, anticancerígenas, analgésicas,
anti-inflamatórias, hepatoprotectoras e antiplaquetárias.

Outras propriedades

Esta planta é eficaz contra bactérias como as salmonelas (Salmonella typhimurium), Escherichia coli e Staphylococcus aureus, sendo por isso muito eficaz como antibiótico no tratamento de gastroenterites, infecções urinárias e pneumonias, respectivamente.

Os orégãos regulam a quantidade de glicose no sangue, sendo por isso também um antidiabético.


Administração

- Alimento: Em saladas, pizzas, marisco e massas.

- Comprimidos: 200 a 400 mg por dia.

- Chá: ½ colher de sopa para uma chávena.

- Óleo essencial: Podem ser utilizadas cinco a dez gotas em água a ferver e fazer um aerossol com o vapor de água.

Remédios caseiros
Xarope para constipações e tosse: Em um litro de água, coloque dois ou três raminhos de poejo e orégãos, duas cebolas, duas maçãs, casca de limão, cinco ou sete figos secos e umas pinhas pequenas.
Coza 15-20 minutos (sem chegar a reduzir a água a metade), coe, adicione mel e volte a ferver um pouco. Guarde num frasco e, quando aquecer para beber, adicione umas gotas de sumo de limão (recolha etnobotânica de Joana Cameijo Rodrigues).

Salada anti-gripe: Junte vegetais com propriedades antivirais, antioxidantes e desintoxicantes: corte cebola às rodelas, tomate e pepino aos quadrados, pique salsa e coentros e, no final, polvilhe com muitos orégãos. Adicione azeite de borragem e umas gotas de shoyu (molho de soja).


Revisão científica: Dr. João Beles (naturopata, Coordenador do curso de Naturopatia do Instituto de Medicina Tradicional de Lisboa).

-2-

sábado, 26 de abril de 2014

AS 15 FRUTAS E VEGETAIS COM MENOS PESTICIDAS


 
Veja a lista das frutas e vegetais com menos pesticidas 
 
1. Milho
 
2. Cebola

3. Ananás
 
4. Abacate
 
5. Couve roxa
 
6. Ervilha
 
7. Papaia
 
8. Manga
 
9. Espargo
 
10. Beringela
 
11. Quivi
 
12.Toranja
 
13. Meloa
 
14. Batata-doce
 
15. Cogumelos

domingo, 20 de abril de 2014

TAÇA DE MORANGOS COM GRÃOS DE CHIA








Receita para 2 taças individuais:



Ingredientes:
 250 gr de morangos frescos e fatiados.
 1 chávena  (250gr) de leite vegetal à sua escolha. Com leite de amêndoas fica delicioso!
 3 colheres de sopa (45ml) de grãos de chia inteiros.

Preparação:
1. Comece por fazer o pudim de chia. Levará pelo menos 30 minutos para ficar espesso. Misturar os grãos de chia inteiros com o leite vegetal ( pode juntar cacau e açúcar de côco, se quiser fazer a versão achocolatada) e mexa durante 5 minutos, para evitar que os grãos se colem. Incharão rapidamente. Coloque então no frigorífico pelo menos durante 30 minutos para que fique suficientemente espesso.



2. No final desses 30 minutos, lave e corte os morangos. Para a versão achocolatada, eu juntei as folhas de hortelã pimenta picadas.

3. Para a apresentação, eu optei por alternar as camadas de pudim de chia com os morangos.

sábado, 12 de abril de 2014

A CURCUMA







A curcuma é muito conhecida por ser um tempero e é o principal componente do caril. É muitas vezes utilizada em pratos no sul da Ásia e é responsável por dar a muitos alimentos como mostarda, caril e queijo uma coloração amarela.
Além de ser usada para cozinhar, a curcuma também é usada, há muito tempo, como um remédio popular natural naquela região, por causa de suas poderosas propriedades medicinais. Nos últimos anos, as pesquisas têm comprovado isso, ao descobrir que esta especiaria pode ser benéfica para a nossa saúde.

A curcuma é um poderoso remédio natural contra muitas doenças devido às suas propriedades anti-inflamatórias. Estudos têm mostrado que é comparável a medicamentos, tais como IBUPROFENO  e,
 neste caso, sem conter muitos dos efeitos colaterais negativos.
Mas mesmo antes dos pesquisadores começarem a estudar a curcuma, as populações nativas dos países do sul da Ásia usavam-na como um meio para tratar os indivíduos diabéticos.
Como muitos de nossos leitores devem saber, a inflamação é frequentemente um precursor da diabetes, uma vez que faz com que o nosso corpo fique cada vez mais resistente à insulina. Estudos têm mostrado que a curcuma actua como um bloqueador de sinais inflamatórios activados no nosso corpo por determinadas doenças.
Devido a isso, o consumo frequente de curcuma não só impede a ocorrência da diabetes, como, pode ajudar a diminuir o impacto de outras condições causadas pela doença, como a neuropatia.

Outras doenças graves também são desencadeadas da diabetes, por irregularidades no sistema inflamatório; câncro, Alzheimer, glaucoma e artrite são apenas alguns dos mais graves. O tipo de inflamação que causam estas doenças, não pode ser tratada simplesmente com um comprimido ou algumas gotas de ibuprofeno.
Embora sejam os efeitos anti-inflamatórios da curcuma que a fazem bem conhecida como medicamento, supõe-se também ser eficaz na prevenção de doenças cardíacas e AVCs.
Os cientistas especulam que esta é capaz de impedir a oxidação do colesterol no corpo, facto que leva a ambos os problemas de saúde.
Além disso, a curcuma é uma rica fonte de vitamina B6, um nutriente reconhecido pela sua capacidade de manter o coração em bom funcionamento.

A fim de se obterem os benefícios da curcuma, estima-se que cerca de três gramas devam ser consumidas por dia (aproximadamente uma colher de chá).
Mas, atenção: Sabe-se que consumi-la em quantidades excessivas por longos períodos de tempo pode causar problemas de estômago, azia e, em casos extremos, úlceras.
A curcuma também actua como um anticoagulante e, quando utilizada em conjunto com outros medicamentos para a diabetes, pode baixar significativamente os níveis de açúcar no sangue.

Geralmente, não é difícil de encontrar, e está prontamente disponível na maioria dos supermercados. Este composto normalmente é vendido como especiaria para ser acrescentada na comida, mas também pode ser comprado como um suplemento. Se  desejar comprar a curcuma para usar na comida, dê preferência às marcas que indicam curcuma pura, pois contêm as maiores concentrações
da mesma.

Uma boa forma de a consumir é acrescentá-la aos seus sumos e smoothies.

CHÁ DE ALFAZEMA

Chá de alfazema – Indicações e benefícios desta infusão






Quando ouvimos a palavra “alfazema”, logo nos lembramos do perfume tão popular há tanto tempo.

Possuindo uma característica tão forte como o seu aroma, a alfazema acaba passando um pouco despercebida quando o assunto são os chás. O chá de alfazema tem muitos benefícios que merecem mais reconhecimento.

Propriedades do chá de alfazema

Analgésica.
Antisséptica.
Antiemética.
Antiespasmódica.
Anti-inflamatória.
Antiperspirante.
Aromática.
Calmante.
Carminativa.
Cicatrizante.
Desodorante.
Tônica.
Benefícios

Alivia dores de cabeça e as temidas enxaquecas.
Auxilia no tratamento para gota e depressão.
Ajuda quem está com flatulência.
Alivia náuseas, congestão linfática, tosses, dores reumáticas, problemas digestivos e problemas menstruais (neste caso, regula a menstruação).
Problemas respiratórios como asma e bronquite têm os seus sintomas diminuídos.



Mas, como todas as plantas medicinais, a alfazema possui contra indicações e efeitos colaterais. Quanto às contra indicações, deve apenas ser evitado por aquelas pessoas que possuem úlcera. E quanto aos efeitos colaterais, o principal é a sonolência, que ocorre apenas quando são tomadas muitas doses desse chá. O outro efeito colateral é a irritação no estômago, que nem sempre ocorre.

Como fazer o chá de alfazema e dosagem

Irá precisar de duas colheres de chá de folhas frescas da alfazema e um litro de água mineral:

- Ferva a água pura.

- Quando levantar fervura, despeje sobre ela as folhas de alfazema.

- Deixe tapado por mais ou menos 10 minutos.

- Coe o chá e beba.

A dosagem recomendada deste chá é de 3 a 4 vezes ao dia, porém, se possuir tendência para a sonolência, tome menos chávenas (2 a 3 chávenas durante o dia serão suficientes).




Inhame – Benefícios e receitas de remédios caseiros


Provavelmente você conhece o inhame, esse tubérculo também chamado de taro, inhame-branco, taioba-de-São-Tomé e cará, mas seus benefícios  são desconhecidos pela população, que muitas vezes consome sem saber o bem que ele faz!
Se ainda não gosta de inhame e não se convenceu, saiba que ele é um caule rico em muitos nutrientes necessários para o nosso organismo, entre eles estão os carboidratos, o cálcio, o ferro, o fósforo, as vitaminas do complexo B e amido. Isso faz dele um alimento extremamente recomendado para crianças e também pessoas que desejam emagrecer, já que possui menos calorias  que duas bolachas recheadas!
Saiba mais sobre os seus benefícios.

 


Os benefícios do inhame para o seu organismo!

Limpeza do sangue: o inhame às vezes é inacreditável de tão útil, ainda mais porque consegue fazer
sair as impurezas através da pele, dons rins e do intestino.
Fortalecimento do sistema imunológico: o inhame fortifica os gânglios linfáticos, que são responsáveis pela defesa do sistema imunológico.
Prevenção de doenças: doenças como malária, dengue e febre amarela são evitadas com o consumo de inhame – funciona mesmo.
Aumenta a fertilidade da mulher: por possuir fitoestrógenos e hormonas vegetais, aumenta a fertilidade da mulher. Também é importante na menopausa e após.
Ameniza cólicas menstruais e sintomas da TPM:o seu humor irá agradecer ao inhame, que ameniza as temidas cólicas e os detestáveis sintomas da tensão pré-menstrual. Além disso, estimula a lívido!
Anti-inflamatório: esse benefício do inhame deixa a pessoa menos suscetível à acumulação de líquidos e toxinas, o que ajuda na hora de ficar sem as gordurinhas extras e a celulite.
Outros benefícios do tubérculo: retira furúnculos, quistos sebáceos, unhas encravadas, verrugas, espinhas grandes, farpas ou cacos de vidro; tira a inflamação de cicatrizes, retira o sangue pisado de contusões e derivados; evita inchaço e dor após fracturas e queimaduras; também auxilia no combate ao processo inflamatório de hemorróidas apendicites, artrites, reumatismo, sinusite, neurites, etc.
Receitas de remédios com inhame

Receita 1: Para melhorar/aliviar os sintomas da catapora, o inhame pode ser usado como elixir, aplicado na pele, sobre as feridas. Comê-lo também ajuda na melhora.

Receita 2: Fazer compressas de inhame ralado e cru ajuda na eliminação de abcesso, substituindo o inhame a cada uma hora e fazendo isso por pelo menos 4 horas.


Fonte: Inhame – Benefícios e receitas de remédios caseiros

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Mais de 2000 pessoas!

Já somos mais de 2000 a procurar o que é "divinamente saudável" e o nosso blogue ainda é tão pequenino! 
Bem hajam!

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Sumo verde

Sumo Verde ultra delicioso

1
Copo de Água de Coco
1
Manga palmer média
1
Polpa de um Maracujá
2
Folhas de Couve

Salada de cogumelos




Ingredientes:
6 cogumelos Porto Bello
Sumo de 1 laranja
Sumo de meio limão
Pimenta e sal a gosto ( evite o sal refinado!)
Alface icebergue
Agriões
Nozes
Algumas tiras de batata doce desidratada.

Preparação:
Comece por laminar os cogumelos e coloque-os numa saladeira com o sumo da laranja e do limão. Tempere com sal e pimenta preta e deixe repousar por cerca de uma hora.
Escoe o sumo e acrescente os restantes ingredientes. Tempere com o azeite, mexa e saboreie com tostas e eventualmente um patê.
A urtiga é bastante conhecida por causar irritação e queimaduras na pele. No entanto, poucos sabem que ela também tem diversas propriedades terapêuticas. Por ser rica em vitaminas, minerais e outras substâncias ativas, a urtiga pode ser usada para hemorragias, anemia, ácido úrico, asma, bronquite, má circulação, depuração do sangue, diabetes, diarreia, úlcera e reumatismo.

Você vai precisar de:

Urtiga
Urtiga
  • colher (sopa) da erva
  • 1 litro de água

Modo de Preparo:

Para eliminar as toxinas da urtigo, é necessário fazer um decocção. Coloque a erva na água e leve ao fogo para cozinhar. Assim que levantar fervura, conte 4 minutos e desligue. Depois mantenha abafado por mais 10 minutos antes de coar e consumir.

Posologia

Tomar de 2 a 3 xícara por dia, mas não durante muito tempo consecutivo.


terça-feira, 8 de abril de 2014

Biscoitos de sultanas e gengibre.

Biscoitos de sultanas e gengibre




Ingredientes:
1 copo (140 gr) de sultanas
2 copos (270gr) de noz de caju
1 copo (140 gr) de amêndoas
1/4 de copo (55gr) de manteiga de côco
2 colheres de sopa de gengibre fresco ralado





Preparação:
1.  Misturar grosseiramente todos os ingredientes num robot e moldar os biscoitos com esta mistura.
2. Desidratar até que atinja a textura desejada.

Tostas de linhaça e sementes de sésamo

Este pão serve de tosta, de base para base de piza, patê, húmus, etc. É muito versátil, pode dar -lhe as utilizações que quiser! Ainda por cima é muito bonito, graças à mistura das cores conferidas pelas sementes de sésamo pretas. Mas as douradas também ficam muito bem.





Ingredientes:

1 taça (150gr) de linhaça, nas seguintes proporções: 2/3 de taça (100gr) de grãos para moer, 1/3 de taça (50) de linhaça inteiras.
1/4 de taça (30) de grãos de sésamo pretos
1 dente de alho esmagado
1/2colher de café de sal
1 cebolinha picada
1 1/3 de taça (3,3dl) de água pura 1/2 colher de sopa.


Preparação:

1.  Numa taça, misturar as sementes de linho moídas e as inteiras, com o sal, o alho, a cebola e a água, de modo a homogeneizar bem.
2.  Juntar as sementes inteiras de girassol e de sésamo preto, e misturar bem.

3.  Espalhar bem esta mistura sobre uma folha antiadesiva. Cortar em 9 quadrados.

4.  Colocar no tabuleiro do desidratador, onde ficará durante 4 horas. Virar e deixar desidratar durante mais 1hora ou mais, segundo a textura desejada.


segunda-feira, 7 de abril de 2014

WORKSHOP 29 de MARÇO 2014


PATÊS

  • Patê de Cenoura &Especiarias
  • Patê de Sementes de Girassol com Algas
  • Patê de Beterraba 



AÇÚCAR DE COCO






Muitos adoçantes, principalmente os químicos, contêm substâncias extremamente prejudiciais à saúde, que podem até provocar cancro na bexiga. Uma ótima e natural alternativa para esse problema é o açúcar de coco. Ele promete adoçar tudo, com gosto semelhante ao açúcar mascavo, porém muito mais benéfico.
Proveniente da seiva de flores em botão do coqueiro, esse açúcar inovador tem índice glicêmico de 35%, segundo estudo realizado, o mel possui um índice em 55% e o açúcar refinado um índice de 68%.

Esse número inferior significa que o açúcar de coco é absorvido pelo corpo de forma mais lenta, provocando menos picos de insulina e, por isso, é mais indicado para pessoas portadoras de diabetes.
Além disso, como não excede a capacidade de processamento feito pela insulina, não fica armazenado nas gorduras, ao contrário da maioria dos alimentos refinados.
Além de ser ótimo substituto para os adoçantes sintéticos, o açúcar proveniente do coco possui vitaminas do complexo B, potássio, magnésio, ferro e zinco. Essas substâncias melhoram o funcionamento do fígado, circulação sanguínea e tecidos, além de prevenir envelhecimento e diabetes, aumentar a disposição, a imunidade e a cicatrização.

Como utilizá-lo? Exatamente como o açúcar refinado comum! O açúcar de coco pode servir para adoçar alimentos e bebidas - como sumos, chás, iogurtes, etc. - na mesma medida que o açúcar branco. Ele também pode ser aquecido e utilizado em receitas assadas, como bolos, pudins e doces, da mesma forma que o tradicional.

Mas não acredite que todas essas vantagens podem encobrir os males do excesso. A dosagem diária máxima recomendada é de 3 g (1 colher de chá) e, como todos os outros adoçantes, deve ser associado a uma alimentação variada.

Com tantos pontos positivos, o açúcar de coco tem tudo para ser usado no dia-a-dia.



PATÊ DE PEPINO




Ingredientes:

1 chávena de caju (demolhado pelo menos 2 horas)
1/2 chávena de água
Sumo de 1 limão
1dente de alho esmagado
Sal do Himalaia
1 pepino ralado (lavado mas não descascado e com ralador grosso)
Algumas folhas de hortelã finamente picadas

Preparação:

Misturar o caju, a água, o sumo de limão, o alho e o sal e triturar até obter uma mistura espumosa.

Ralar o pepino (não demasiado fino) juntar uma pitada de sal e deixar escorrer a água.

Misturar o pepino com a mistura do caju e finalmente picar a hortelã. Verificar os temperos.

Pode servir com legumes cortados em tiras ou crakers, pão cru...
É melhor no dia seguinte.




HÚMUS DE CURGETE

                                        Húmus de curgete




Ingredientes:

2 curgetes descascadas e partidas em pedaços
3/4 de chávena de tahin (puré de sésamo)
1/2 chávena de sumo de limão
1/4 de chávena de azeite
2 dentes de alho esmagados


1pitada de sal da Himalaia
Cominhos a gosto

Preparação:

Numa liquidificadora  misturar os ingredientes até obter uma pasta cremosa e homogénea .

O húmus original é preparado com grão de bico. Na alimentação viva ou crua também pode fazê-lo com grão de bico germinado. Por vezes, torna-se um pouco indigesto, por isso sugerimos este com curgete.

Pode servir com legumes cortado em tiras ou com pão cru, crakers...




domingo, 30 de março de 2014

Remédio depurativo delicioso







Ingredientes:

Gengibre fresco, uns 5 cm, (ou 2 colherinhas de gengibre em pó);
Raiz de curcuma , uns 5-6 cm, (ou 2 colherinhas de curcuma em pó);
2 pitadas de Pimenta Caiena em pó;
4 limões orgânicos (3 para extrair o sumo e 1 para cortar em rodelas);
Stevia a gosto para adoçar;
2 litros de água.

Preparação:
Num  liquidificador, misture  a raiz de gengibre, a curcuma, e os 3 limões.
Numa  jarra grande  acrescente este extracto a cerca de 2 litros de água, stevia a gosto, duas pitadas de pimenta Caiena e o limão cortado em rodelas finas.
Deixe repousar durante 10 minutos antes de servir para acentuar os sabores.
Este refresco dura até cinco dias no frigorífico.

Este remédio depurativo é doce e  muito picante… esteja preparado para esta bomba saudável de sabor! 

Recomenda-se um copo por dia.


Gengibre:

Propriedades anti-inflamatórias e é um potente analgésico natural.
Alivia a acidez.
Previne e trata as constipações e gripes.
Alivia as enxaquecas.
Alivia as dores menstruais.


Curcuma:

 Anti-séptico antibacteriano.
 Desintoxicante natural do fígado.
 Anti-inflamatório.
 Pode ajudar no metabolismo das gorduras e ajuda a controlar o peso.
 Usa-se na medicina chinesa como tratamento para a depressão.


Pimenta Caiena:

Prevenção  e tratamento de constipações e gripes.
Propriedades anti-fúngicas.
Prevenção das dores de cabeça.
Alívio nas alergias.
Estimula acapacidade do organismo para metabolizar os alimentos  e limpar toxinas.
Ajuda o corpo a queimar mais calorias.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Workshop sumos, batidos e patês








Workshop Sumos, Batidos e Patês | 29 Março | Guarda

Sentes que a tua alimentação não te sacia?
Sentes vontade de comer “porcarias”?
Comes doces compulsivamente?
O teu humor é instável?
Queres algo diferente e inovador?
Gostas de aprender novas receitas?
Procuras uma dieta saudável?

É natural que te sintas assim, estando a viver num ritmo de vida acelerado em que não se pode parar. O consumo exagerado de produtos processados, pré-cozinhados, congelados, etc.. faz com que o teu corpo não receba os nutrientes na sua forma mais simples e natural.
A alimentação vegetariana crua é uma excelente opção para mudar esse padrão alimentar ao consumir mais nutrientes de boa qualidade, não processados e com inúmeras propriedades nutricionais desintoxicantes e purificadoras.
 A melhor forma de começar é experimentando fazer sumos, batidos e patês.
Convido-te a experimentar um workshop de 3 horas, para poderes aprender e provar deliciosas receitas para facilmente pores em prática.

Nesta experiência de workshop vais poder aprender a melhor forma de preparar as diversas receitas, com todas as dicas essenciais. Este é um evento que vai acontecer no dia 29 de Março na Guarda e durante o qual vai poder:
Aprender as noções básicas sobre sumos e batidos e como os usar no dia a dia
Experimentar uma variedade de deliciosos sumos, batidos e patês
Saber onde comprar os melhores ingredientes
Combinar os alimentos para melhor assimilação

Experimentar e usar os equipamentos mais usados para preparar as diferentes receitas
Conviver e conhecer outras pessoas entusiastas da comida crua num ambiente descontraído e informal
Será um enorme prazer poder ajudar a ter uma alimentação ainda mais saudável, melhorando saúde e bem-estar!

MAIS UMA BOA NOTÍCIA

Os pêssegos têm potencial para ajudar a combater o cancro da mama ao inibir o aparecimento de metástases. A conclusão é de um grupo de investigadores norte-americanos que realizou um tratamento com extratos deste fruto em ratinhos com a doença e obteve resultados animadores.
Os cientistas responsáveis pelo estudo, da Texas AgriLife Research, agência de investigação estatal do Texas, nos EUA, afirmam que uma mistura de compostos fenólicos presentes nos extratos de pêssego conseguem impedir que se formem metástases, uma descoberta particularmente importante já que a maioria das mortes e complicações associadas ao cancro da mama se deve a esse problema. 
A equipa, coordenada por Luis Cisneros-Zevallos, administrou extrato de pêssego a ratinhos com um tipo de células agressivas de cancro da mama, as MDA-MB-435, observando "uma inibição de um gene marcador nos pulmões após algumas semanas, indicando uma inibição das metástases", pode ler-se em comunicado. 
"Além disso, depois de determinar a dose necessária para observar os efeitos nos ratinhos, calculámos que, para humanos, tal seria o equivalente a comer entre dois a três pêssegos por dia", afirma o investigador, realçando os benefícios do consumo deste fruto. 
Este trabalho vem reforçar resultados de estudos anteriores desenvolvidos pela AgriLife e publicados 
há uns anos, que davam conta de que os polifenóis presentes nos pêssegos e nas ameixas eram capazes de matar, de forma seletiva, as células cancerígenas agressivas do cancro da mama sem afetar as células saudáveis, acrescenta Cisneros-Zavalos. 
Dois a três pêssegos por dia podem ser o suficiente
Embora o estudo tenha sido conduzido com a variedade "Rich Lady", o cientista afirma que a maior parte dos pêssegos, independentemente do tipo, partilham os mesmos componentes ao nível dos polifenóis, que inibem as metástases ao atacar e modular a expressão de um grupo de enzimas denominadas "metaloproteinases". 
"A importância das nossas conclusões é muito significativa, porque mostra, 'in vivo', o efeito que os 
compostos naturais, neste caso os polifenóis dos pêssegos, podem ter contra o cancro da mama e as metástases", sublinha o coordenador da investigação publicada na revista científica Journal of Nutritional Biochemistry.
"[A descoberta] dá-nos a oportunidade de incluir na dieta uma ferramenta adicional para prevenir e combater esta doença terrível que afeta tantas pessoas", refere ainda, garantindo que a equipa está "entusiasmada com a ideia de que dois a três pêssegos por dia possam obter efeitos benéficos similares [aos que se verificaram em laboratório] em humanos".
Apesar dos bons resultados, os investigadores terão ainda de aprofundar esta questão, pretendendo 
agora continuar a testar estes extratos de pêssego noutros tipos de cancro e na diabetes com vista a compreender os mecanismos envolvidos no papel que desempenham.
Clique Aqui para aceder ao resumo do estudo (em inglês).

revista científica Journal of Nutritional Biochemistry. / Boas Notícias


quarta-feira, 26 de março de 2014





BENEFÍCIOS DA ÁGUA DE CÔCO




Rica em vitaminas B e C, em cálcio, potássio e magnésio


Pobre em calorias
Isenta de gorduras e colesterol
Hidratante
Alcalinizante
Antibacteriano
Saciante ( reduz a sensação de fome)
Ajuda a perder peso
Estimula o metabolismo
Facilita a digestão
Anti-séptico urinário
Diurético
Reduz o risco de cálculos renais.


ÁGUA DE CÔCO: BOA PARA A SAÚDE, PELE E CABELO!

De acordo com nutricionistas, a água de côco é incrível para quem se quer manter hidratado. “A ingestão do
líquido garante uma boa ingestão de vitaminas e minerais. Ela também é uma ótima fonte de vitamina C e B.
Ao contrário do que se pensa, esta bebida não tem as mesmas substâncias calóricas que a polpa do fruto. “A água de côco tem baixa quantidade de calorias e açúcares e é uma bebida natural sem quantidades significativas de gorduras”. Apesar de o líquido ser um grande hidratante natural que, por consequência deixa a pele macia, não são todos os que podem usufruir de seus benefícios. A água de côco ainda é rica em sódio e prejudicial para as pessoas portadoras de hipertensão arterial.
Nos cabelos - Engana-se quem pensa que a água de côco só hidrata depois de ser ingerido. O líquido natural é usado frequentemente em produtos cosméticos e pode ser aplicado nos cabelos. As propriedades da bebida ajudam a manter a saúde dos fios. “O líquido previne os danos que os raios ultravioletas causam na queratina dos fios. O resultado é um cabelo brilhante e fortalecido”.
Receita Caseira - Para deixar o cabelo hidratado:
  • Bata no liquidificador a água de côco com a polpa do fruto verde por um minuto aproximadamente.
  • Cabelos muito danificados podem precisar de um emoliente (produto que amacia) a mais. Pode-se      acrescentar um pouco de óleo vegetal de côco ou algumas gotas de óleo de argão.
  • Aplique a máscara obtida nos fios e deixe agir por 40 minutos.
  • Enxugue bem em água morna até retirar todos os resíduos do cabelo.
  • Recomenda-se fazer a hidratação uma vez por semana.
Além de deliciosa a água de côco ainda deixa a gente linda. Mas não pode abusar, nada de substituir a água!
coconut-water-health-benefits-3








terça-feira, 25 de março de 2014

CHÁ DETOX

Receita Natural







As toxinas vão-se acumulando no nosso organismo devido a vários factores, sobretudo à má alimentação. Por isso, de vez em quando devemos fazer uma limpeza geral, com alimentos que facilitam o processo de desintoxicação. A receita que se segue combina ervas que funcionam como produtos de limpeza para o corpo humano.

Chá  que elimina toxinas e emagrece

 Vai precisar de:
1 colher (sopa) de salsaparrilha
1 colher (sopa) de dente de leão
1 colher (sopa) de alecrim
1 litro de água

Preparação:
Leve a água ao lume até que ferva. Em seguida, despeje sobre as ervas secas e abafe por 15 minutos. Coe e estará pronto para o consumo.

Posologia:
A dica é tomar o chá em pequenas porções ao longo do dia. Coloque numa garrafa e vá bebendo aos pouco, quanto tiver sede. Durante uma semana, beba o chá e siga uma dieta livre de toxinas, preferindo as frutas, verduras e cereais integrais.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Retirei este artigo do blog "Saúde e beleza" , porque achei muito interessante para quem tem algumas dúvidas sobre os alimentos germinados ou vivos. Vale a pena ler. Dieta da Comida Viva, DICAS DE BELEZA E SAÚDE, DIETAS PARA EMAGRECER Após emagrecer (ou mesmo durante a dieta) é importante adotar hábitos alimentares saudáveis, sempre visando uma boa nutrição de seu organismo, para isso um dos primeiros e mais importantes passo é parar de pensar sua alimentação com o conceito “pratos” e passar a pensar em “nutrientes”. Claro que não deixará de elaborar pratos saborosos, porém serão pensados de forma que sejam mais nutritivos. Com base neste conceito a alimentação chamada de dieta viva está ganhando espaço rapidamente, afinal realmente oferece muito mais nutrientes do que as dietas convencionais, principalmente considerando quanto de nutrientes se obtém por determinada porção de calorias. Uma das principais características desta dieta é o maior consumo de sementes germinadas, muitas destas sementes já são utilizadas em muitas dietas por suas propriedades nutritivas, porém ao germinar a semente antes do consumo terá alguns benefícios, veja: Quando germinadas as sementes multiplicam suas vitaminas, minerais e enzimas (algumas sementes aumentam isto em até 20 mil vezes). Quando germinadas favorecem o surgimento de outras substâncias como antioxidantes e hormônios naturais. Oleaginosas hidratadas são excelentes fontes de proteínas e ácidos graxos, isso sem contar que possuem boas quantidades de cálcio. Germinação para a Dieta Viva! As sementes germinadas podem ser utilizadas tanto em saladas como para complementar suas receitas de suco verde ou qualquer outra vitamina que pretenda fazer, sem alterar muito seu sabor e trazendo uma boa carga de nutrientes. O que algumas pessoas tem dúvidas é como fazer o processo de germinação das sementes, o que na verdade é bastante simples. Veja neste vídeo a seguir como fazer a germinação de suas sementes para uma dieta viva, poderá notar que é extremamente simples, basta escolher suas sementes e começar a se alimentar melhor. O que Fazer com Sementes Germinadas? Utilizar brutos em saladas é algo já bastante conhecido e também facilmente encontrado na internet, mas o que talvez não encontre com facilidade é como utilizar as sementes germinadas em sucos e vitaminas, sendo assim veja a seguir duas receitas que
servirão de partida.


 Vitamina de leite de Castanha-do-pará com Banana 

 Ingredientes:
 100g de castanha-do-pará germinada (24h na água)
 200 ml de água de coco
 2 bananas
 1 colher de mel

 Preparo:
 Bata no liquidificador a castanha-do-pará com a água de coco e coe. Agora junte o leite das 
 castanhas, as bananas e o mel e bata tudo no liquidificador.


 Suco Vivo (também conhecido como Suco de Luz)

 Ingredientes:
 2 maçãs
 1 pepino
 Grãos germinados à escolha
 Folhas verdes (couve, chicória, hortelã)
 Legumes à escolha Raízes à escolha

Preparo:
Bata a maçã no liquidificador com o auxílio de um pepino para extrair o líquido, acrescente um
punhado de grãos germinados, folhas verdes, legumes e raízes. Após bater bem coe (coador de pano) e beba em seguida.

domingo, 23 de março de 2014

GELO VERDE


 Hoje vamos dar-lhe uma sugestão  para facilitar a preparação  dos seus sumos desintoxicantes. É só deixar os cubos de “Gelo verde” já prontos e bater com a sua fruta preferida. Assim  não tem desculpa para dizer não tem tempo!




Preparação do gelo verde:
Lave as verduras com água e vinagre. Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata com 500 ml de água. Coloque em forminhas de gelo e leve ao congelador para gelar.

Sumos detox:
Bata no liquidificador a sua fruta preferida com água e use de 1 a 4 cubinhos de gelo verde em cada sumo.
 Dê sempre preferência às frutas da estação e se puder, use sempre as verduras orgânicas (sem agrotóxicos). Faça os cubinhos de gelo verde para toda a semana.

Ingredientes:

2 chávenas  (chá) couve picada
1 chávena  (chá) de agrião picado
½ chávena  (chá) de salsa
Folhas de hortelã, a gosto
500 ml de água mineral sem gás






sexta-feira, 21 de março de 2014

SMOOTHIE MARTE E VÉNUS (rico em proteínas e ferro)




Este smoothie cobre cerca de 30% das nossas necessidades diárias em ferro e em proteínas, assim como 300% das nossas necessidades em vitamina C ( a vitamina C ajuda o corpo a assimilar correctamente o ferro). Supre igualmente 25% das nossas necessidades em ácido fólico, que crescem consideravelmente durante a gravidez.

Para dois copos grandes:

2 bananas congeladas ( pode utilizá-las não congeladas e acrescentar gelo no copo liquidificador)
400 gr de morangos
4 colheres de sopa de sementes de cânhamo descascadas
125 a 250 ml de água, de acordo com a consistência desejada
Xarope de agave ou mel, se os frutos não forem suficientemente doces para o seu gosto

Coloque tudo no liquidificador e triture bem. Sirva em copos decorados com um morango no rebordo e saboreie! Deliciosamente saudável!



Traduzido do blog: "Veg an  Bio"


Três razões para consumir mais folhas verdes:

Existem três razões para comer ou beber pelo menos 1kg de verdura por dia:
As folhas verdes estimulam o sistema imunitário, o que implica uma protecção acrescida contra o cancro, infecções, inflamações e problemas cardíacos.

São muito pobres em calorias: 1kg de verdura corresponde a cerca de 300 calorias e no entanto contêm todos os nutrientes de que o nosso corpo necessita para se manter saudável. São tão pobres em calorias que se substituir os outros alimentos por folhas verdes, encontrará naturalmente o seu peso ideal, sem carências, graças aos seus nutrientes.

Como têm muito cálcio, dão-nos ossos sólidos. Excedem o leite no que concerne ao cálcio! Os estudos mostraram que o cálcio fornecido pelo leite não é tão facilmente assimilado pelo nosso organismo como o das folhas verdes. 240 ml de kelp, uma variedade de algas, contêm mais cálcio assimilável que 1,5 L de leite!
Então coma folhas verdes, beba folhas verdes ( graças aos smoothies e aos sumos ) e confie na capacidade do seu corpo em se tornar radiante e saudável.


Adaptado de um texto de Nadège, do blog " Veg an Bio"

quarta-feira, 19 de março de 2014



Pão de cereais, cru!





Os pães crus são por vezes feitos de cereais demolhados, germinados, moídos numa pasta com aromáticas e depois desidratados como os pães Essène que encontramos nas lojas de produtos biológicos.
Deixamos aqui uma versão à base de noz e grãos, bem útil, mas devemos ter posto previamente  as sementes a demolhar e ter feito a germinação. Esta receita tem a vantagem de não ter glúten.

Se não possuir desidratador, pode fazer o pão no forno, à temperatura mais baixa, com a porta entreaberta. Pensamos que em Angola, onde temos alguns leitores, podem fazê-lo ao sol, pelo menos na estação quente.

Ingredientes:
(Dá para um prato do desidratador do tipo Excalibur, que cortámos em 9 fatias)
1 maçã
1/2 courgette
1 cenoura pequena (ou a outra metade da courgette)
2 colheres de sopa (30ml) de azeite extra virgem
1colher de sopa (15ml) de sumo de limão
1/2 colherada de chá (2,5ml) de sal marinho cinzento (se não tiver, não faz mal, ponha outro)
1chávena (250ml)  de amêndoas cruas, reduzidas a farinha ( utilizamos o moinho de café)
2 colheres de linhaça moída
3 colheres de sopa de sementes de sésamo inteiras
1/2 chávena (125ml) de sementes de girassol inteiras

No liqüidificador, coloque a maçã, os legumes, o azeite, o sumo de limão e o sal e triture tudo muito bem.
Transfira para uma taça, junte os restantes ingredientes e misture  delicadamente com uma colher ou à mão. Assim que a massa ficar homogénea, coloque-a no prato do desidratador e cubra com um "Teflex" ou papel vegetal . Se vai utilizar o forno, coloque-a num tabuleiro, e cubra-a com papel vegetal.h
Coloque no desidratador a105 Farenheit ou no forno entreaberto na temperatura mínima. Duas ou 3 horas depois, ou quando a massa estiver firme para ser manipulada, vire-a, retire o papel para deixar secar a parte inferior, e corte-a do tamanho que quiser.
Será mais fácil de cortar o pão nesta etapa, antes que esteja muito seco e solto. Volte a colocar no
desidratador durante cerca de dez horas ( ou toda a noite). Se utilizar o fogão, vá verificando regularmente a cozedura.


















Este pão conserva-se  muito tempo no frigorífico, mas pode ficar durante alguns dias fora dele.   É ideal para um passeio ou para o campismo.
Uma receita diferente, uma maneira de cozer original, mas que oferece múltiplas possibilidades , à medida que se vai ganhando prática.